fbpx

Excesso de informações gera grande ansiedade – Covid 19

excesso de informações gera grande ansiedade

Com a pandemia anunciada, o mundo não fala em outra coisa além dos casos de Covid-19. Embora seja importante se informar, o excesso de notícias pode ser prejudicial à nossa saúde, pois gera stress físico e psicológico desnecessários. Confirma como evitar esse processo no texto a seguir.

Todos os dias quando ligamos algum meio de comunicação, nos deparamos com formas de prevenção ao vírus, promessas de cura, chás milagrosos, condutas sociais permitidas, confinamento anunciado, consequências político econômicas da crise que avança, etc etc etc.

A cada notícia que lemos, se algo que nos parece perigoso, é como se em nosso cérebro ligasse uma chave automática de preservação. Entramos em estado de alerta para tomadas de decisão.

Então chegam as noticias diversas, inclusive contraditórias, fake, e nos deparamos com a necessidade de decidir sobre o que seguir, o que fazer, como fazer, quando fazer! Ufa!! O cérebro entra em parafusos e isso nos gera grande stress.

Primeiro porque são muitas informações desencontradas que nem sabemos se são verdadeiras.

Segundo porque o número de informações que chegam é desproporcional à nossa capacidade de consumi-las e segui-las. Sentimos então medo de não estarmos fazendo o correto, medo de estarmos nos deixando vulneráveis.

E cada vez mais ficamos ansiosos por mais noticias que possam nos esclarecer sobre o que fazer para proteger a nós e aqueles que amamos. Nesse momento o excesso de informações gera grande ansiedade e muitas vezes nos vemos congelados, sem saber o que fazer.

O ciclo da ansiedade

O ciclo de ansiedade se fecha e se retroalimenta. Quanto mais noticias buscamos, mais noticias recebemos e mais ansiosos ficamos para termos ações correspondentes ao que é dito como ideal para nos livrarmos do risco da contaminação.

Mas então o que fazer se o excesso de informações gera grande ansiedade?

Para combater esse tipo de stress a melhor maneira é evitar que esse ciclo de ansiedade se instale. A alternativa mais eficaz é determinar dois ou três períodos do dia para se atualizar em relação as principais informações.

Nestes momentos é fundamental consultar fontes de informações confiáveis e com credibilidade. E por último, mas não menos importante, é entender que se houvesse uma cura milagrosa ou um alimento poderoso que fizesse com que o organismo combatesse esse vírus, certamente isso já teria sido divulgado pelas principais autoridades de saúde do mundo.

Não se engane com respostas fáceis; não se iluda com promessas de retorno rápido. Faça sua parte, se proteja por meio de boa higienização de tudo o que você utiliza e evite contato com aglomerações.

Em percebendo sinais de ansiedade, não hesite em agendar uma sessão online.

JANEIRO BRANCO – você tem saúde emocional?

Podemos aplicar ao conceito de saúde emocional, o mesmo conceito médico:  dizemos que estamos saudáveis fisicamente quando nosso corpo não apresenta nenhum tipo de doença.  Saúde emocional também pode ser considerada como a ausência de uma doença mental como depressão, ansiedade, pânico, etc.

Mas não é só isso!  Saúde emocional também se refere à um estado de satisfação com sua vida, um equilíbrio conquistado por meio do controle de suas emoções.

Você controla suas emoções?

tristeza-alegria

Controle emocional – janeiro brancoComo pode saber isso?

Falamos em controle emocional quando a pessoa não apresenta sofrimento demasiado frente às questões cotidianas.

Nada na vida é fácil e nem conquistado sem esforços.  Alguns precisam se esforçar mais que outros, é verdade, mas cada pessoa tem as consequências dos comportamentos que apresenta, ou quase sempre é assim.  E isso significa exatamente que mesmo se nos esforçarmos muito, as vezes não teremos controle de tudo o que acontecerá em nossas vidas.

Controle emocional significa dizer que mesmo frente as dificuldades, ao sofrimentos, as dificuldades, ainda assim a pessoa não se paralisa, nem foge dos problemas deixando de aprender com eles.

Na vida o sofrimento é inevitável, então como saber quanto de sofrimento é o normal?

Caso você perceba que está deixando de fazer coisas que são importantes para você porque há dificuldades que você não tem conseguido enfrentar, isso é um sinal de que você não esta conseguindo atingir o equilíbrio emocional e que provavelmente precisa de ajuda da terapia para enfrentar com mais objetividade e assertividade seus problemas.

Aproveite o inicio do ano para pensar no que te incomoda, quais sentimentos você gostaria de deixar em 2016 e que outras sensações você quer experimentar em 2017?

A hora de mudança é agora!

Gostou da ideia? Então é só agendar sua primeira sessão para pensarmos juntos em quais metas você poderá conquistar nesse novo ano.

 

 

 

 

× Agende seu horário