Veja os 8 motivos comuns que levam à traição e…  Previna-se!

Veja os 8 motivos comuns que levam à traição e…   Previna-se!

Você já esteve numa relação que começou bem, equilibrada, com conflitos comuns, mas de repente descobriu que foi traido(a)? Já parou para pensar em quais motivos levam à traição? Aqui você vai conhecer os 8 motivos comuns que levam à traição.

Como psicóloga, acredito que antes de falarmos sobre os motivos, precisamos entender o que é traição, e aí sim estaremos preparados para pensar no que leva uma pessoa à traição.

Pensar, sonhar, imaginar, é traição ou só se sair mesmo com a outra pessoa?  Sair é traição ou tem que beijar?  Pode só beijar ou só se for para a cama?  Traição significa que o amor acabou? Significa que a outra pessoa é melhor que eu?

Traição é não cumprir um compromisso – ou seja, trair na relação significa não ser fiel aos objetivos comuns do casal, é ser desleal com o pacto de amor feito entre os dois.

E um detalhe importante na traição é que não é necessário a pessoa se ausentar, sair com outra para trair.  Ela pode trair em pensamento, em sentimento, em intenções… e a outra parte nem estar sabendo.

Mas calma!! Não é preciso entrar em pânico, pois se você teme que esteja sendo traído(a), o melhor a fazer é observar sua relação.  Somente após observar o que ocorre você poderá compreender os possíveis motivos de uma traição, e tentar evitá-los.

8 motivos mais comuns para a traição:

  1. Insatisfação

Um dos companheiros não está satisfeito com a relação, e por algum motivo não consegue encerra-la;  Muitas vezes esse padrão é descrito como safadeza, falta de caráter… mas é muito frequente ser resultado de uma pessoa com baixa estima e baixa autoconfiança.  Outro motivo é porque a pessoa teve experiências negativas anteriormente e hoje trai para não ser traída.  Não é muito racional, é verdade, mas é um dos comportamentos que observamos no consultório de psicologia com frequência.

  1. Expectativas erradas

Quando uma das partes busca na relação alguma coisa que não irá encontrar.

Ex.: busca se sentir completo.

Infelizmente é uma expectativa comum, mas o outro nunca conseguirá lhe completar absolutamente: é necessário que sejamos inteiros para nos relacionar com outro.  Caso contrário sempre exigiremos demais, cobraremos demais e causaremos em nós e no outro muita insatisfação – aqui surge o ciume e a desconfiança; e quando alguém se sente insatisfeito, abre a porta para a traição.

  1. Curiosidade

A curiosidade sobre uma realidade diferente da que se vive.  Curiosidade sobre outras possibilidades de relacionamento afetivo e sexual – essa situação é mais frequente em relacionamentos muito longos;

  1. Necessidades de autoafirmação e baixa estima

Quando um dos parceiros tem uma visão negativa sobre si e sente a necessidade de provar que é atraente, que consegue conquistar quem deseja; muitas vezes a investida em outros(as) parceiros(as) garante ao conquistador esse sentimento de que ainda é capaz de conquistar.

  1. Visão machista

Uma visão machista do relacionamento faz com que o homem tenha uma visão de que a traição para homem é permitida, já que a mulher tem um papel passivo na relação.  Embora estejamos no século 21 ainda é possível encontrarmos muitos homens com esse pensamento.  Nesta situação a traição ocorre porque é permitido, ele não pensa que deva resistir à tentação de outras mulheres, simplesmente porque é da natureza do homem.

  1. Fim do “romance”

Casais que passam de “amantes” a “irmãos” – quando o erotismo, o romantismo acaba e só fica a convivência permeada pela rotina diária.  Estes casos estão muito propensos à traição de qualquer um dos lados, pois a relação em si não oferece mais encantos;

  1. Clima muito hostil

Um relacionamento pautado em brigas, discórdias, somente com momentos ruins, gera aos parceiros uma aversão de estarem juntos.  Neste contexto abrem-se oportunidades para que os envolvidos busquem a satisfação com outros parceiros que lhes ofereçam o que procuram.  Ou minimamente outros parceiros que lhe dediquem atenção e amor, o que não ocorre na relação em que estão.

  1. Relação fria

A sensação de solidão, de desprezo, de não se sentir desejado(a) também pode ser um dos motivos pelos quais a pessoa busca fora do seu relacionamento sua satisfação; muitas vezes causamos essa situação por não nos dedicarmos ao relacionamento mas ao trabalho, às necessidades dos filhos, etc.  É necessário construir constantemente a relação.

Agora que você já tem algumas dicas sobre o que deve avaliar em seu relacionamento, é importante fazer uma revisão de todos os pontos, e consertar tudo aquilo que não vai tão bem.

Será necessário muito diálogo, muita sinceridade não só com o(a) parceiro(a), mas principalmente com você.  O que exatamente está buscando nesta relação?

A relação te satisfaz?

Bem… mas isso é assunto para um próximo texto.

Nos falamos em breve!!

Precisa de ajuda? clique aqui e agende sua primeira consulta – meu consultório fica no Portal do Morumbi – te espero lá!

× Agende seu horário