Qual é o maior defeito do seu chefe

defeito-do-seu-chefe

Se você trabalha, tem, já teve ou terá um chefe.

Aqui não faremos menção às diferenciações terminológicas entre líder/ chefe; apenas consideraremos o profissional a quem hierarquicamente devemos nos reportar.

Tendo em vista que passamos 1/3 de nossas vidas no trabalho, é muito importante que façamos um esforço para manter bons relacionamentos não só com nosso chefe, mas também com toda a equipe de trabalho.

O chefe/líder tem como responsabilidade a identificação dos melhores colaboradores para a realização das diferentes tarefas, acompanhamento e feed back constante sobre o desempenho de seus colaboradores, bem como reconhecimento de potencialidades.

Entretanto sabemos que no mundo corporativo, não é tão linear assim, e inclusive os líderes precisam de um contexto propício para exercerem adequadamente suas funções. Afora este detalhe, quando nos deparamos com nosso chefe, o primeiro ponto a refletir é: embora ele seja meu chefe, ele também é humano e tem defeitos, pontos que precisa melhorar, assim como qualquer um de nós.

Como lidar com meu chefe?

Pensando nisso, a melhor maneira de lidar com seu chefe é exatamente encontrando todos os pontos fracos dele. O objetivo será evitar os comportamentos desaprovados, bem como se focar exatamente naqueles itens que o chefe valoriza.

Então alguns questionariam: mas isso não é ser bajulador?

Na verdade, este tipo de avaliação nada mais é do que conseguir fazer uma leitura do contexto e buscar aprimorar os relacionamentos, evitando o conflito e alcançando os melhores resultados.

Entretanto não podemos parar somente nesta identificação. Para conseguirmos, além de ter um bom relacionamento com o chefe, ter um ambiente profissional construtivo, é fundamental que saibamos gerenciar nosso chefe.

Inversão de papéis? Não. Um dos conceitos de gerenciar é exatamente: organizar, planejar e executar atividades que facilitem o processo de trabalho.

Portanto, identificar as condições sob as quais nosso chefe se comporta de maneira positiva ou não, conhecer seus defeitos para evitar conflitos, proporcionar condições para que ele observe os projetos com mais calma e aceitação, solicitar feed backs, são posturas que propiciam o gerenciamento eficaz da relação de trabalho.

E gerenciar a relação não deve estar somente sob responsabilidade do chefe, mas sim de todos os envolvidos na relação.

Com o objetivo de conquistar melhores resultados em quaisquer relacionamentos profissionais, basta treinar habilidades de percepção, aproveitar um pouco de criatividade, para conseguir emitir diferentes comportamentos, frente às diferentes pessoas, nos diferentes contextos.

E sem dúvidas, independentemente de seu cargo, os resultados da equipe serão extremamente mais satisfatórios.

Mande suas dúvidas pelo e-mail que responderei!

Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Agende seu horário