O tempo

Passa o tempo devagar

E não para de passar

Passa tudo, passa o tempo

Passa nada, passatempo

Quando estamos longe o tempo não passa

Meu pensamento ganha asas

Corre parado, passa calado

Ponteiros travados

E quando te vejo

O tempo corre com desejo

O importante é que para nós

O tempo não importava

Enquanto estávamos juntos

O tempo ousava

Brincava com a gente

Era um jogo carente

O tempo nunca importou

Só quando nos abandonou

Nos uniu e nos separou

O tempo nosso herói e nosso vilão

Não há tempo certo para a paixão

 

Pedro Marcelino

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Agende seu horário