fbpx

Diálogo entre o casal – como aprender?

Em tempos de crise, as diferenças se acentuam e o diálogo entre o casal pode ficar cada vez mais árido em função das dificuldades.

Isolamento, acúmulo de responsabilidades, rotina modificada, exigências além das habituais, falta de espaço individual… ufa!

As situações impostas pela pandemia nos trazem grande dificuldade de adaptação. Portanto será necessário que tenhamos um pouco de paciência para adaptação e também empenho para resolvermos os possíveis conflitos.

Uma das dificuldades mais evidentes para a relação do casal é a comunicação – será que o diálogo esta sendo substituído pela discussão na sua relação?

Veja como aprimorar a comunicação no seu casamento.

A boa comunicação é produtiva quando temos equilíbrio emocional para iniciar a conversa. Portanto, o diálogo entre o casal não deve ocorrer no momento da briga. Ele deve evitar a briga.

Mas as vezes não é possível evitar uma discussão mais acirrada. Então é hora de deixar a poeira baixar e voltar a falar sobre o assunto quando estivermos mais calmos.

O segundo ponto importante é que precisamos estar dispostos a ouvir o outro para haver um diálogo entre o casal. Caso contrário será um monólogo – um fala e o outro se omite.

Neste caso é importante nos prepararmos para ouvir sobre nossos defeitos. É difícil, mas necessário. Se não assumirmos que também precisamos melhorar, vamos depositar a responsabilidade totalmente no outro – e isso não existe. É bom lembrar que todos somos responsáveis pelo que esta acontecendo em nosso relacionamento.

E uma terceira dica são passos importantes para a comunicação do que sentimos e pensamos: descrever a nossa percepção em primeira pessoa, utilizando substantivos, sem julgar a ação da outra pessoa.

Vamos a um exemplo prático.

Se você diz: “quando saiu e foi fazer seu relatório quando eu estava te contando o que eu pensei fazer, me senti triste, pois a mim, pareceu que você não se importou com o que eu estava dizendo, pareceu não achar importante, mas eu gostaria de ter sua opinião “.

Portanto, essa forma de dizer é muito diferente de: você não me respeita, acha que só o que você faz é importante, não dá a mínima para o que eu falo.

Não temos condições de julgar o motivo pelo qual a outra pessoa agiu de for ma X ou Y. Para que o diálogo entre o casal seja positivo, é importante entendermos que o melhor para todos é a harmonia e a comunicação estabelecida. Não vale a pena descobrir quem pode estar mais certo ou errado na relação, pois não há este espaço, principalmente neste momento de crise emocional/financeira.

Vamos tentar praticar essa sugestão? Caso tenham dificuldade e queiram apoio profissional, estou à disposição para agendarmos uma sessão de casal online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Agende seu horário